domingo, 26 de junho de 2011

"Olha, é a The Save Point!"

Poisé, já ouvi muita gente me perguntando "Por que você usa o nick thesavepoint?" Tirando aqui neste blog, todas as minhas url na internet são com esse nick (vide meu twitter e meu tumblr). O que muita gente não sabe é o porquê eu adotei esse nickname pessoal.

Beeeeeem, tudo começou com uma das minhas "deletanças" de fotolog. Como no fotolog tem quase-todo-tipo-de-nome-já-inventado-da-face-da-terra, eu estava em dúvida de qual nome eu colocaria. Em um dos meus raros momentos de ócio criativo, eu pensei em algo nerd e ao mesmo tempo reflexivo. Para que não sabe, meu jogo preferido é e sempre será Final Fantasy VII, aquele do Playstation 1. Nele, há a minha personagem favorita, Aeris. Eu jogava alucinadamente esse jogo, tinha os melhores equipamentos, todas as matérias, etc e tal. Porém, tinha uma CG, que por mais triste que fosse, eu via sempre: a morte de Aeris (malz aê se você nunca jogou e tomou spoiler).



E como naquela época eu não tinha computador e menos ainda existia o youtube, a única forma de eu rever essa CG era criando um "save point" pouco antes da CG. E foi exatamente isso que eu fiz: criei este ponto no meu memory card e continuei o jogo em outro.

"Save Point" no FFVII é um elemento parecido com um cristal que fica em determinados locais do game para que você possa criar um ponto e continuar seu jogo dali, caso você tenha que parar e retomar outra hora. Em Resident Evil, por exemplo, o Save Point é uma máquina de escrever.

Agora, o que raios tem "Save Point" de reflexivo? Simples: você está lá jogando, salva seu jogo antes de matar um mestre e pimba: você morre. Ou até salva seu jogo com medo de fazer algo errado e se erra mesmo, é só voltar no jogo que tudo estará como antes. Então, fazendo uma analogia com "você errou, volta no save point que fica tudo certo", não seria ótimo se você tivesse um save point na vida real para toda vez que você cometesse uma cagada, pudesse voltar no tempo, desfazer tudo e recomeçar para não errar novamente?

Claro que isso é muito utópico e às vezes penso que a vida não teria graça se tudo acontecesse da maneira certa o tempo todo. Mas que de vez em quando seria bom, seria, não seria?

E assim, escolhi o nome do fotolog e consequentemente, adotei como nickname. Só não registrei o blog com esse domínio porque já existe. Aliás, foi uma TOR-TU-RA encontrar um nome para este blog. Mas isso já é conversa para outro post.

E você? O que faria se tivesse um Save Point?

sábado, 25 de junho de 2011

Vida nova, blog novo.

Frase clichê pra uma pessoa que já teve "n" blogs, orkuts, fotologs e tantos outros mais nessa vida da internetê. Maaaaaaaas... indo direto ao ponto, criei este blog no intuito de falar um pouco da minha rotina, das minhas ideias (credo, ainda não consegui assimilar que 'idéia' não tem mais acento) e da minha visão do mundo afora. Não que isso tenha importância pra alguém, mas já que você está aqui, é no mínimo um curioso, certo? :)

Independente, eu criei este blog para mim, para me forçar a escrever de novo e expor minhas opiniões, já que eu fazia isso com certa frequência (oi, CB!) e acabei perdendo esse hábito que gosto tanto.

Então, já que você está descansando a bunda na cadeira e a mão no mouse, aproveita e posta um comentário aí, não tira pedaço!

E assim como fiz no meu tumblr, posto essa frase que levo como lição de vida:

Embora ninguém possa voltar atrás e fazer um novo começo, qualquer um pode começar agora e fazer um novo fim. - Chico Xavier



See ya, folks!